Lava Jato, no alto clero

Muitíssimo importante essa operação da PF na Polícia Legislativa do Senado. Vai abrir uma outra linha de trabalho na Lava Jato, com possibilidade de pegar senadores e agregados que sempre se sentiram inatingíveis. Sarney, o mago dos esquemas e da longevidade, está praticamente nu. Outro ex-presidente, Collor também. Edson Lobão, da mesma forma, teria usado a Polícia Legislativa do Senado para fazer contrainteligência, ou seja, para identificar possíveis escutas implantadas pela PF com autorização da Justiça.

Hoje, portanto, tem tudo para ser considerado o início de uma nova sequência de derrubadas de castelos. Preso nesta manhã, o diretor da Polícia Legislativa, Pedro Ricardo, é um sério candidato a delator.

Acho que vai ser muito bonito de ver.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s